^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

O que é Saúde Ocupacional? Aprenda a se manter saudável no trabalho

O que é Saúde Ocupacional? Aprenda a se manter saudável no trabalho

A maioria das pessoas passa quase um terço da sua vida adulta exercendo suas atividades laborais dentro de um ambiente de trabalho (escritório, indústria, comércio, lavoura). É uma parcela tão grande do nosso tempo que dedicamos ao trabalho que é mais do que esperado que as condições em que trabalhamos tenham grande influência sobre a nossa saúde e bem estar.

Existem inúmeros fatores capazes de causar danos a um trabalhador mesmo no mais inofensivo dos escritórios. Se formos falar das grandes indústrias, a lista de perigos pode não ter fim!

A Saúde Ocupacional surge como um desdobramento da Medicina do Trabalho, dedicado a manejar as condições do ambiente laboral, estimular boas práticas e zelar pelo bem estar dos trabalhadores dentro das empresas. Quer entender melhor como a Saúde Ocupacional pode trazer benefícios para empregados e empregadores, gerando mais produtividade e economia? Continue lendo.

Como surgiu a saúde ocupacional?

A partir da Revolução Industrial houveram transformações estruturais em toda a sociedade e as demandas de produção, por consequência de mão de obra, aumentaram consideravelmente. Os operários, principalmente na Europa, eram submetidos a jornadas extremas de trabalho em ambientes completamente insalubres e sem medidas ou equipamentos de proteção e segurança.

As condições desumanas de trabalho dessas pessoas acabaram por prejudicar os negócios, uma vez que a frequência com que adoeciam prejudicava a produtividade. Isso sem contar a quantidade de óbitos causados por acidentes ou doenças adquiridas em função do ambiente laboral.

A preocupação com a manutenção da capacidade produtiva do trabalhador fez com que surgisse a Medicina do Trabalho, ou medicina ocupacional, que consistia na presença de um corpo médico no local de trabalho responsável por prevenir situações de risco e garantir a integridade e a produtividade dos funcionários.

O conceito de Saúde Ocupacional é um pouco mais moderno, tendo surgido após a II Guerra Mundial. Representa a expansão da medicina ocupacional através de uma abordagem multidisciplinar que visa não apenas a manutenção da capacidade produtiva, mas que considera os aspectos emocionais, psicológicos, sociais e muitos outros como fatores que interferem no bem estar funcional de uma forma mais ampla e benéfica não só para a empresa, mas para a qualidade de vida do trabalhador.

Qual a atuação da saúde ocupacional?

Os responsáveis por atuar na saúde ocupacional de uma empresa devem observar os mais variados fatores que podem interferir na integridade; na saúde física e mental (psicológica); e no bem estar emocional e social dos funcionários.

Além da atuação na prevenção de problemas como doenças e acidentes, cabe ao profissional de saúde ocupacional promover e estimular boas práticas físicas, alimentares e de convivência que possam ser benéficas para a manutenção de um bom ambiente.

Dentre algumas ações que costumam ser implementadas por especialistas em saúde ocupacional podemos citar:

  1. Mitigação de danos ergonômicos;
  2. Realização periódica de campanhas de prevenção de acidentes;
  3. Estímulo às atividades físicas dentro da empresa, como a ginástica laboral;
  4. Estímulo à convivência social periódica dentro da empresa;
  5. Promoção de campanhas preventivas de saúde, como testes de glicemia e pressão;
  6. Estímulo à realização de exames preventivos;
  7. Promoção de palestras sobre temas relacionados à saúde;
  8. Campanhas de vacinação;
  9. Implantação da alimentação saudável como política da empresa;
  10. Monitoramento permanente de riscos físicos, químicos, biológicos e ergonômicos.

A quem beneficia a saúde ocupacional?

Como dissemos no começo deste artigo, passamos grande parte do nosso tempo em nossos serviços, portanto todo mundo que trabalha em qualquer empresa, seja patrão ou empregado, certamente será beneficiado por uma abordagem como esta que falamos.

Porém, assim como existem benefícios para os trabalhadores, a empresa também colhe frutos com o investimento neste tipo de ação. A motivação e a produtividade costuma obter ganhos com ações como estas, além do que a abstenção, as faltas e os processos trabalhistas também podem sofrer forte redução.

Certamente ter um ambiente sadio no trabalho interfere até na vida da família do próprio trabalhador, afinal o acolhimento e a atenção a estes cuidados tendem a reduzir o stress e diversas outras enfermidades, contribuindo para o humor, a disposição e a expectativa de vida do trabalhador.

O lugar onde você trabalha investe no bem estar e na saúde dos funcionários? Existe alguma política interna que preserve a segurança dos funcionários? Nos deixe uma mensagem contando como é o seu ambiente de trabalho.

 

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar