^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

Causas, sintomas e tratamento da Artrite Reumatoide

Causas, sintomas e tratamento da Artrite Reumatoide

A Artrite Reumatoide é uma das doenças autoimunes mais conhecidas da população; ela não é considerada uma doença grave, mas pode acometer qualquer pessoa, de qualquer idade, sexo e hábitos de vida, por isso merece atenção.

Assim como em outras doenças autoimunes crônicas, não existe uma cura definitiva para a Artrite Reumatoide, mas o tratamento indicado por um médico reumatologista pode mudar totalmente o dia a dia do paciente. Os sintomas são aliviados e a qualidade de vida melhora significativamente.

Para tanto, o tratamento deve ser seguido à risca e o acompanhamento médico deve ser contínuo e imprescindível. Este artigo visa informar o grande público a partir das informações dispostas pela Sociedade Brasileira de Reumatologia, ele não pode ser usado como um substituto à consulta e ao diagnóstico médico.

Continue lendo e saiba mais sobre as causas, o tratamento e os sintomas da Artrite Reumatoide.

Artrite Reumatoide: causas e definições

Como mencionado anteriormente, a Artrite Reumatoide é uma doença autoimune. Ela se caracteriza por ser uma inflamação crônica que pode afetar as articulações, principalmente das mãos, pés, pulsos e joelhos, provocando inchaço e dor. Apesar de poder afetar a população em geral, são as mulheres com mais de 50 anos e com histórico familiar que costumam aparecer no quadro de pacientes.

Uma doença autoimune é uma condição em que o sistema imunológico, preparado para nos proteger de invasões e infecções, ataca as células saudáveis do nosso próprio organismo. A causa para essa confusão e auto ataque ainda é desconhecida.

Uma doença autoimune pode ser crônica, conhecida da ciência, ou pode se apresentar em surtos, chegando até mesmo a não ser identificada pelos especialistas. Nos casos de surtos, pode existir uma relação direta com a baixa imunidade, alto estresse e doenças psíquicas somatórias.

Outras doenças autoimunes crônicas conhecidas da população são: lúpus e esclerose múltipla.

Sintomas da Artrite Reumatoide

Os primeiros sintomas da Artrite Reumatoide, são as dores e desconfortos leves nas articulações. Essas dores iniciam repentinamente, é importante não confundir com dores de exercícios físicos ou mau jeito.

Sem o devido tratamento, essas dores começam a se intensificar. É possível sentir as articulações inchadas, quentes e vermelhidão acompanhada de rigidez, ou seja, dificuldade de movimentação.

Em casos de surtos de Artrite Reumatoide, o indivíduo também pode ter perda de peso, cansaço e febre.

A doença é mais comum nas articulações menores do corpo, como as mãos e os pés. Caso evolua, pode se manifestar também no joelho, cotovelo, quadril, tornozelo e ombros.

Veja a seguir um resumo dos sintomas da Artrite Reumatoide:

  • Dor e inchaço no local;
  • Dor em mais de uma articulação ao mesmo tempo;
  • Vermelhidão e calor na região;
  • Dificuldade de movimentação no local;
  • Caroços na articulação;
  • Febre;
  • Perda de peso;
  • Fraqueza.

Tratamento para Artrite Reumatoide

O tratamento começa com o diagnóstico correto; portanto, a consulta deve ser feita com um reumatologista que, além de considerar a descrição dos sintomas, do histórico familiar e de problemas anteriores, irá solicitar uma bateria de exames de sangue e de imagem para identificar a fase da doença.

Com o diagnóstico em mãos, o reumatologista irá recomendar um tratamento medicamentoso, que irá variar conforme o estágio da doença. Os medicamentos indicados normalmente incluem anti-inflamatórios, corticoides, imunossupressores e agentes biológicos.

Além do tratamento medicamentoso, a fisioterapia é muito importante para o alívio da condição e do fortalecimento muscular da região afetada.

Em último caso, o que não costuma ser comum, pode ser sugerida uma cirurgia para realinhar os tendões, substituir as articulações e remover o excesso da membrana sinovial.

A mudança de hábitos alimentares também pode ajudar no tratamento. O consumo de alimentos com ação anti-inflamatória e de fortalecimento da imunidade pode ser acrescentado na dieta. Alguns desses alimentos são: atum, salmão, alho, frutas vermelhas e cítricas, vegetais verde-escuros, açafrão, entre outros.

Por fim, como mencionamos no início do artigo, a convivência com a condição pode ser tranquila, desde que seja acompanhada pelo médico reumatologista. Lembrando que apenas o médico pode receitar medicamentos, aumentar ou diminuir doses, modificar o tratamento quando necessário e indicar a terapia de reabilitação mais adequada.

Não deixe de conferir outros artigos sobre saúde e bem-estar no nosso blog. Até a próxima!

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar