Entenda o que é Lúpus: causas, sintomas e tratamento

Entenda o que é Lúpus: causas, sintomas e tratamento

Você com certeza já ouviu falar sobre o Lúpus, mas você sabe explicar o que é essa condição?

O Lúpus é uma doença autoimune caracterizada pela inflamação de múltiplos órgãos e tecidos, como a pele, articulações, rins, olhos, coração e pulmões. Essa é uma condição mais comum entre mulheres, entre 4 e 45 anos e, apesar de já ser bem conhecida pela medicina, ainda não possui uma cura definitiva ou uma causa exata.

Dito isso, existem diversos tratamentos, supervisionados por reumatologistas e dermatologistas, que possibilitam o alívio dos sintomas e uma melhor qualidade de vida.

Entenda mais sobre essa condição, continue lendo!

O que são doenças autoimunes

A medicina chama de doença autoimune quando o nosso sistema imunológico “ataca” o nosso próprio corpo por engano, confundindo tecidos saudáveis e proteínas com agentes estranhos.

O que faz com que o sistema se confunda é algo que ainda é pesquisado pela ciência e, por enquanto, não existem respostas definitivas, apesar de haver algumas teorias, como predisposição genética e uso de alguns medicamentos.

Existem mais de 80 tipos de doenças autoimunes registradas cientificamente e o Lúpus é uma das mais conhecidas. A maioria das doenças autoimunes são crônicas, mas muitas podem ser controladas com tratamento.

Dito isso, muitas reações autoimunes são desencadeadas em crises e não voltam a se manifestar. Ou seja, muitas vezes nem chegam a ser diagnosticadas e nem registradas cientificamente.

Para entender melhor o que são doenças autoimunes, confira nosso artigo especial sobre o assunto clicando aqui.

Tipos de Lúpus

Existem 4 tipos principais de Lúpus que são classificados a partir das características das lesões, dos sintomas e das possíveis causas. Veja a seguir:

Lúpus eritematoso sistêmico (LES):

Esse é considerado o tipo mais frequente de Lúpus, sendo caracterizado pela inflamação em várias partes e órgãos do corpo, especialmente pele, articulações, coração, rins e pulmões. Os sintomas variam conforme o local afetado.

Lúpus discoide ou cutâneo:

Esse tipo de Lúpus é identificado a partir das lesões na pele. A inflamação se restringe ao órgão cutâneo e não afeta outras partes do corpo. No entanto, pacientes com esse tipo de Lúpus podem acabar desenvolvendo Lúpus sistêmico com o passar do tempo.

Lúpus induzido por medicamentos:

Como o próprio nome já diz, é o tipo de Lúpus que se desenvolve a partir do uso de determinados medicamentos de forma prolongada e é considerado temporário. É mais frequente em homens e os sintomas costumam desaparecer assim que o uso do medicamento em questão é interrompido.

Lúpus neonatal:

Considerado um tipo raro de Lúpus, é caracterizado pela manifestação de sintomas já nos primeiros dias de vida do bebê. Acredita-se que possa acontecer com bebês que nascem de mulheres com Lúpus.

Para receber o diagnóstico correto você deve consultar um reumatologista ou dermatologista assim que os sintomas começarem a se manifestar. O profissional da saúde irá fazer a avaliação conforme as lesões apresentadas, o histórico de saúde da pessoa e da família, além dos resultados dos exames de urina e sangue.

Possíveis causas do Lúpus

Assim como todas as outras doenças autoimunes, o Lúpus ainda não possui uma causa clara.

A partir de algumas pesquisas, acredita-se que seja causado por mutações genéticas e devido fatores externos que podem estimular o aparecimento dos sintomas, como a exposição prolongada ao sol e o uso de alguns medicamentos.

As crises de Lúpus, no entanto, também são comumente relacionadas à quedas na imunidade, seja por infecções virais ou por fatores emocionais, como alto estresse.

Sintomas do Lúpus

Como o lúpus é uma inflamação que pode afetar qualquer órgão ou parte do corpo, os sintomas podem variar bastante conforme o local afetado. No entanto, alguns sintomas comuns de inflamação incluem a febre acima de 37,5ºC e dores musculares com rigidez, dor e inchaço das articulações.

O Lúpus, assim como outras doenças autoimunes, costuma aparecer em crises. Isso significa que os sintomas aparecem de forma intensa durante alguns dias e depois desaparecem. Os sintomas mais específicos de uma crise de Lúpus são:

  • Manchas vermelhas na pele, especialmente no rosto, em formato de “borboleta”;
  • Queda de cabelo;
  • Sensibilidade à luz;
  • Cansaço excessivo.

Como os sintomas podem acabar sendo muito semelhantes a outros casos de inflamação, como a Artrite, o processo para o diagnóstico pode ser demorado e depender de outras crises, visto que o médico precisa eliminar outras causas.

Tratamentos disponíveis

O tratamento é indicado a partir da definição do tipo de Lúpus que o indivíduo apresenta e da gravidade das lesões. Como citamos anteriormente, ainda não existe uma cura definitiva para o Lúpus, mas o reumatologista ou dermatologista pode indicar o uso de alguns medicamentos que ajudam a aliviar os sintomas durante os períodos de crise.

Então, o tratamento pode ser feito a base de remédios anti-inflamatórios, antimaláricos como a Cloroquina (que inclusive ajudam a evitar o desenvolvimento do Lúpus em alguns casos), corticoides e imunossupressores.

Lembrando sempre que nenhum desses medicamentos deve ser utilizado sem a recomendação e a avaliação prévia de um profissional da saúde. O uso indiscriminado dos medicamentos citados pode apresentar efeitos secundários sérios e até mesmo causar hepatite medicamentosa.

Existem ainda outras formas de aliviar os sintomas, como passar o protetor solar diariamente e ter hábitos saudáveis de vida. Uma alimentação rica em antioxidantes e ômega-3, por exemplo, pode produzir uma ação anti-inflamatória natural.

Alguns desses alimentos são: salmão, atum, chá verde, alho, cebola, brócolis, abacate e tomate. Outras dicas de alimentos e dieta – com cardápio – você encontra aqui no blog da Pax Bahia. Não deixe de conferir!

Antes de você ir embora, queremos lembrar que este conteúdo tem a intenção de informar e complementar o diagnóstico. Ele não substitui, de forma alguma, a consulta com um especialista.

Este conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário, curta e compartilhe; seu feedback é muito importante para nós. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Matriz: Av. Sampaio, Nº 296, Centro Feira de Santana BA - 44125-280

(75) 3623-0940

(75) 3623-0940