^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

A importância de cuidar da saúde mental na terceira idade

A importância de cuidar da saúde mental na terceira idade

É interessante destacar a terceira idade como um período de muitas mudanças. Para quem está chegando ou já chegou lá, saiba que elas não acabaram na vida adulta. A principal delas aqui é: seu corpo não é mais o mesmo de antes. São muitos anos vividos, muitas coisas vistas, muitas lembranças. É hora de descansar e garantir que os melhores dias da sua vida só estejam começando.

Além do corpo ficar mais debilitado - as atividades físicas, quaisquer que sejam, ficam mais difíceis -, a mente, mesmo que aguçada por toda a vivência adquirida, também não é mais a mesma. A perda de pessoas queridas - algo inerente ao tempo -, os vínculos afetivos e as responsabilidades, a necessidade de ser útil após a sensação de já ter cumprido o seu papel no mundo, a carência afetiva, tudo isso faz com que uma pessoa idosa se sinta menos ela. Por isso, a saúde mental na terceira idade exige atenção especial.

Envelhecer não é doença

Apesar da diminuição das reservas funcionais do corpo e do desgaste psicológico, o envelhecimento jamais deve ser associado à doença ou algo ruim. É a ordem natural de tudo, e com tantos tratamentos e o aumento da expectativa de vida, não há motivo algum para não perceber que esta é sim a melhor idade. É nela em que você terá tempo livre para se cuidar, sem preocupações, sem ter que se dedicar tanto aos outros. É o seu momento.

O termo “saúde mental” é utilizado para descrever a capacidade de uma pessoa em lidar com seus sentimentos e emoções, algo chamado de qualidade cognitivo-emocional, que afeta nosso bem estar emocional, psicológico e social. Isso basicamente define quem você é. De acordo com um relatório feito pela Organização Mundial de Saúde, uma em cada 10 pessoas sofrem de algum distúrbio mental.

Transtornos mentais na terceira idade

O processo natural de envelhecimento não vem agregado a qualquer tipo de doença. São diversos os fatores que interferem na qualidade cognitivo-emocional na terceira idade, como experiências ruins, traumas, abusos, fatores genéticos, perdas e frustração. Alguns sinais precisam ser observados, como afastamento das pessoas, dores inexplicáveis, confusão, esquecimento, medo, irritação, mudanças bruscas de humor, pensamentos negativos e até mesmo suicida, entre outros. Vale lembrar que as pessoas não lidavam com essas coisas como nós lidamos agora. Para muitos, cuidar da mente era considerado “frescura”. As doenças de maior incidência nessa fase da vida são:

Depressão

Os principais sintomas são desânimo, tristeza sem motivo aparente, sensação de desamparo, desmotivação ou desinteresse pela vida. Existe a depressão reativa, que surge por algum motivo e some quando o problema é resolvido, e a depressão crônica, que perdura e passa a interferir em qualquer atividade simples a ser realizada, tornando-as praticamente impossíveis.

Esquizofrenia

Se manifesta de várias formas e afeta várias áreas do funcionamento psíquico, levando a pessoa a ter delírios, alucinações, dificuldade em se concentrar e desmotivação, podendo interferir até mesmo na higiene pessoal

Transtorno Afetivo Bipolar

Gera oscilações incomuns no humor, dificultando a prática de atividades e a dificuldade na realização de tarefas simples. É uma doença maníaco-depressiva, e alterna entre episódios de euforia e depressão. Pode ser acarretada por um trauma afetivo.

Demência

Caracteriza-se por perda de memória, dificuldade na fala e no raciocínio e incapacidade de resolver problemas, por mais simples que sejam. As mudanças causadas por esta doença podem abalar extremamente o cotidiano, chegando ao ponto de a pessoa não conseguir mais cuidar de si mesma.

Prevenir para não remediar

É importante adotar um estilo de vida diferente. Ir ao médico só quando o problema aparece não é correto. Uma pessoa idosa pode não ter tido acesso ou conhecimento da importância da saúde mental, mas seus filhos e netos sim, por isso, todo empurrãozinho da família é importante nessas horas. Se você está na terceira idade ou tem algum parente ou pessoa querida que está nesta fase da vida, não hesite em procurar ajuda.

Manter a saúde mental positiva, com ajuda de tratamento adequado, é um fator essencial no processo de envelhecimento. É hora de se fazer útil da maneira que você sempre quis, ter vida social ativa, praticar atividades físicas, dormir bem e aproveitar tudo o que a melhor idade tem para oferecer.

Este post foi útil para você? Deixe seu like, comentário ou sugestão; seu feedback é muito importante para nós. E não esqueça de assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar