^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

Entenda como sorrir pode melhorar seu dia (e sua saúde!)

Entenda como sorrir pode melhorar seu dia (e sua saúde!)

Um dia sem rir é um dia mal aproveitado. Não é frase de campanha publicitária: é cientificamente comprovado que o córtex cerebral libera impulsos elétricos um segundo após o riso. Quando o fazemos, o cérebro emite uma ordem que provoca a liberação de endorfinas, gerando uma sensação interior de conforto e bem estar, além de equilibrar nossa energia vital.

Como uma forma de meditação, o riso nos faz fluir para um estado de espírito onde conseguimos, mesmo que por pouco tempo, esquecer dos nossos problemas. É o melhor relaxante natural que existe.

O riso é um fenômeno que desperta interesse devido ao seu caráter transversal e dialógico (algo que define relações entre índices sociais e valores). Transversal por ser relacionado a aspectos da cultura, filosofia, história, saúde etc e dialógico porque, ao trilhar os sentidos do humor, nos deparamos com a comédia e a zombaria por trás de cada riso, ou seja, é um código de comunicação inerente à nossa natureza.

O riso é terapêutico

Há até uma derivação na psicologia para o riso, que assume um papel terapêutico. Consiste em uma estratégia focada na produção de estados emocionais através do riso. Vale lembrar que por mais que pareça, não é exatamente uma terapia, pois não tem poder de curar doenças. Os benefícios do riso ajudam apenas a amenizar, por exemplo, os efeitos de males como a ansiedade ou a diminuir a intensidade das emoções negativas.

A “terapia” do riso serve para adotarmos um viés menos dramático sobre as adversidades da vida, desenvolvendo qualidades como o otimismo e autoconhecimento. Tente rir por ao menos um minuto três vezes ao dia. Parece pouco, mas é suficiente para causar uma melhora no humor, liberar o estresse acumulado e nossa atitude em relação a situações complicadas.

Mas se você sente que simplesmente não consegue rir de forma alguma, separamos algumas atitudes que podem te ajudar com isso. Vale lembrar que não há uma fórmula exata para o riso, mas não custa tentar, certo?

Menos “carão”

Quando deixamos o rosto repousar, ficamos com uma expressão meio carrancuda. Que tal começar trabalhando isso? Tente sorrir enquanto trabalha (sabemos que é difícil), correndo, ou lendo algo interessante. Faça com que sorrir seja um hábito. Sorria para as pessoas que passam por você durante o dia. Além de te fazer bem, é um gesto que demonstra educação.

Fique perto de quem te faz bem

Evitar todo tipo de assunto ruim, além de impossível, chega a ser alienação. Mas quando puder, faça-o. Em conversas em grupo, tome o controle. Da mesma forma que todos amam dar continuidade a assuntos ruins, tente levar para um lado mais leve, desencadear risadas. Você não precisa se afastar de uma pessoa só porque ela não é engraçada, mas não faz mal busscar quem te faça rir e goste de rir com você.

Mude o canal

É um pouco difícil rir se logo no começo do seu dia você já está sendo bombardeado por atrocidades e notícias sobre o declínio da economia, por exemplo. Ser bem informado é importante, mas seu juízo vale mais. Permita-se um dia que seja longe de noticiários. 

Seja seu próprio motivo de riso

É uma característica de quem está de bem consigo mesmo. Transforme seus erros do passado, momentos constrangedores e fraquezas em risadas. Isso te ajuda a diferenciar quem você é do que você faz. Erros todos nós cometemos, mas não deixe que isso te defina como pessoa. Rir de si mesmo é mostrar a todos que você é maior do que algumas atitudes fora da curva.

Agora vamos ver o que você ganha ao estimular o riso:

Melhor funcionamento do sistema imunológico

As endorfinas, citadas no início do texto, que são liberadas quando você sorri, também estimulam o sistema imunológico, reduzindo o estresse e aumentando o número de células imunes e anticorpos que combatem infecções, melhorando sua resistência a doenças.

Leia também: Mente ativa: alguns exercícios para que seu cérebro não fique parado

Aumento da circulação sanguínea

Quando rimos, nosso ritmo cardíaco fica mais acelerado, com os batimentos podendo chegar até 120 pulsações por minuto. Quando a pulsação aumenta, o sangue circula mais intensamente pelo corpo, melhorando a oxigenação das células, tecidos e órgãos.

Facilidade na digestão

A risada também pode contribuir com a liberação de lipoproteínas (moléculas compostas por proteína e gordura) no sangue, favorecendo a redução do nível de colesterol, um problema decorrente de um estilo de vida sedentário. Sem contar que ajuda a aliviar a prisão de ventre.

Melhores relações sociais

Não foi à toa que sugerimos que você sorrisse mais para as pessoas. Rir desperta empatia e confiança. É muito mais fácil “ir com a cara” de alguém que já recebe o outro com um sorriso estampado no rosto.

Pulmões mais saudáveis

Quando damos uma boa risada, os pulmões absorvem mais oxigênio. Inalamos mais ar e assim a expiração também aumenta. Com maior ventilação pulmonar, o excesso de dióxido de carbono e vapores residuais é mais facilmente eliminado. Ou seja, rir limpa e fortalece os seus pulmões!

Este conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário, curta e compartilhe; seu feedback é muito importante para nós. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar