^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

5 maneiras de controlar a crise de rinite alérgica

5 maneiras de controlar a crise de rinite alérgica

A rinite alérgica é um distúrbio crônico muito comum, que pode ser causado por diversos fatores. Para muitas pessoas, tem a ver com o ambiente em que vive, com as mudanças de temperatura, mudanças de estações de ano e até mesmo produtos químicos, como perfumes para a casa.

Independente da causa dessa alergia, todos concordam que ela incomoda, e muito. Não tem cura e normalmente aparece em crises, o que faz com que muitas pessoas não saibam controlar os sintomas chatos que aparecem com elas.

Os sintomas incluem espirros, coriza, olhos vermelhos, lacrimejantes e que coçam. Podem ser sentidos também dores locais, como nos ouvidos e maçã do rosto. Além disso, a perda de olfato, a necessidade de respirar pela boca e a irritação na garganta, junto com a tosse, podem incomodar.

Quer saber o que causa a rinite alérgica e quais são seus tratamentos? Continue com a gente!

O que causa a rinite alérgica

Como mencionamos no início do artigo, a causa da rinite alérgica pode estar relacionada a diferentes fatores dependendo do indivíduo em questão.

Mas, como o próprio nome já diz, é naturalmente uma reação alérgica, o que significa que alguns fatores comuns contribuem para crises de rinite alérgica. Logo, para evitar crises é importante sempre fortalecer o sistema imune e tomar cuidados para não entrar em contato com o agente causador (mantenha o ambiente limpo, livre de poeira e sempre muito bem arejado, por exemplo).

Os agente mais comuns costumam ser:

  • Ácaros
  • Poeira
  • Pólen de plantas
  • Fungos
  • Pelos e penas de animais domésticos
  • Produtos químicos

Tratamentos para rinite alérgica

A rinite alérgica não tem cura, mas caso não consiga evitar uma crise, existem alguns remédios, farmacêuticos e naturais, que podem ajudar a aliviar bastante os sintomas.

Os tratamentos naturais para rinite alérgica costumam ser feitos com o uso de plantas medicinais na alimentação e inalação. Aqueles que são farmacêuticos, só devem ser utilizados após uma consulta com um médico.

1. Soluções salinas

A solução salina é muito segura e eficiente. Apesar de ser encontrada em farmácias, em gotas ou em spray, não precisa de receita e pode ser usada sem grandes preocupações.

Essa solução ajuda na higiene nasal, eliminando agentes irritantes e reduzindo a secreção nasal. Além de ser utilizada durante a crise, uma boa dica é usar ela diariamente durante a higienização pessoal do dia, para evitar futuras crises.

2. Anti-histamínicos orais ou em spray

Para fazer uso dos anti-histamínicos, ou anti alérgicos como popularmente são conhecidos, o ideal é consultar um especialista antes. Isso porque, assim como todo e qualquer medicamento, eles causam reações adversas e podem ter especificações quanto a sua administração.

Depois que um especialista chegar a conclusão do melhor medicamento para o seu caso, o anti-histamínico poderá ser usado sem receita, sempre que estiver passando por uma crise de rinite alérgica.

3. Tomar probióticos

Já que falamos sobre o fortalecimento do sistema imune, devemos mencionar também uma das maneiras mais fáceis de fazer isso. Como a rinite alérgica resulta na inflamação dos tecidos do nariz, uma forma natural de regular essa resposta é ingerindo probióticos para melhorar a flora intestinal, já que o intestino possui nódulos capazes de regular a inflamação do organismo.

Além disso, o probiótico pode ser ingerido diariamente, não apenas durante as crises de rinite alérgica, o que pode impedir, ou pelo menos enfraquecer, futuras crises.

4. Plantas medicinais

Muitas plantas ajudam a desinflamar, a limpar e a anestesiar o sistema respiratório, especialmente quando falamos sobre a presença de coriza e garganta inflamada.

Tomar um chá de urtiga, por exemplo, é uma ótima opção caso esteja buscando um anti-histamínico natural. A inalação de tomilho ou eucalipto também ajuda na limpeza das secreções.

5. Alteração na dieta

Nada mais natural para regular o organismo que a alimentação. Vegetais, legumes, azeites, alho e queijos são ótimos produtos para restaurar a saúde intestinal. Além disso, evite o excesso de açúcar, pois ele facilita o desenvolvimento de bactérias patogênicas, contribuindo para a inflamação. Quer conhecer outros alimentos que você deve cortar da dieta? Clique aqui.

Em resumo, os cuidados se iniciam com a prevenção de grandes crises de rinite alérgica. Descubra o que causa a sua rinite e evite tais agentes. Na hora de buscar os tratamentos para rinite alérgica, fique atento para excesso e sempre tenha a opinião de um especialista.

Quer outras dicas de saúde e bem-estar? Não deixe de conferir outros artigos aqui no blog da Pax Bahia.

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar