^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

Erva-cidreira capim: benefícios e receitas

Erva-cidreira capim: benefícios e receitas

Se você é do tipo de pessoa que gosta de tomar chá para melhorar o humor, a saúde e o bem-estar do organismo de forma natural, a erva-cidreira capim é um ingrediente que não pode faltar nas suas receitas.

Também conhecida apenas como cidreira, capim-limão ou melissa, a erva-cidreira capim é uma planta medicinal da família do hortelã e do boldo. Além de deliciosa, ela é uma ótima opção para o tratamento de diversos problemas de saúde, físicos e mentais.

Pode ser usada em chás, infusões, sucos, sobremesas ou em formato de cápsulas e extratos naturais.

Quer conhecer os benefícios do chá de cidreira? Continue lendo!

Nutrientes da erva-cidreira capim

A erva-cidreira capim é rica em fenólicos e flavonóides, propriedades naturais que possuem efeitos calmantes, sedativos, relaxantes, antiespasmódicos, analgésicos, anti-inflamatórios e, principalmente, antioxidantes.

Resumidamente, a erva-cidreira é uma potente fonte para o combate dos radicais livres. Dessa forma, ajuda a evitar o envelhecimento celular, prevenir câncer, proteger o coração e evitar doenças degenerativas, tanto musculares quanto cerebrais.

Para fechar com chave de ouro, essa planta medicinal também é rica em fibras, melhorando o funcionamento do sistema digestivo.

Benefícios do chá de erva-cidreira

Como citamos anteriormente, um dos principais benefícios da erva-cidreira é o seu efeito calmante. Ou seja, o chá de erva-cidreira é uma ótima ajuda no combate à ansiedade e ao estresse. Sua composição age aumentando as atividades neurotransmissores no cérebro contribuindo para a sensação de relaxamento e bem-estar do corpo. Isso significa que as sensações não são apenas mentais, esse relaxamento proporciona a diminuição de cólicas menstruais, por exemplo.

A partir das mesmas propriedades, calmantes e sedativas, tomar um chá de erva-cidreira duas vezes ao dia, pode ajudar no combate à insônia.

Graças a sua riqueza em fibras e o ácido rosmarínico em sua composição, a erva-cidreira capim pode ser utilizada para o tratamento de problemas gástricos. A ação anti-inflamatória, antioxidante, anti espasmódica, ajuda durante a eliminação de gases e no alívio de desconfortos causados pela indigestão e refluxo.

A erva-cidreira capim também pode ser utilizada na eliminação de fungos e bactérias, principalmente fungos da pele, como a Candida sp. Suas propriedades também inibem o vírus da herpes, prevenindo a propagação da infecção e reduzindo o tempo de cicatrização.

Além de todos esses benefícios do chá de erva-cidreira, ainda estão em estudo seus efeitos na diminuição da pressão arterial e na diminuição do colesterol ruim, prevenindo doenças cardiovasculares.

Veja a seguir um resumo das utilidades do chá de erva-cidreira:

  • Melhora a qualidade do sono
  • Combate a ansiedade e o estresse
  • Alivia os sintomas da TPM
  • Auxilia no tratamento do Alzheimer
  • Combate a herpes labial
  • Combate problemas gastrointestinais
  • Alivia as dores de cabeça

Chá de erva-cidreira e outra forma de consumo

A erva-cidreira capim pode ser consumida em muitas outras formas além do chá de erva-cidreira. O óleo essencial, por exemplo, também pode ser utilizado na aromaterapia por seu efeito sedativo leve.

Se você quiser, você também pode mastigá-la em sua forma pura, assim como fazemos com a hortelã. Encontrará em farmácias de manipulação, receitas em cápsulas e extratos naturais com determinada quantidade da erva.

O mais indicado, no entanto, é sempre o chá de erva-cidreira ou o suco da erva.

Para fazer o chá, você precisará usar as folhas, que podem ser secas ou frescas. Utilize cerca de 3 colheres de sopa de folhas de erva-cidreira capim e uma xícara de água fervente. Deixe a mistura descansar por alguns minutos.

Já no suco, você irá picar as folhas e colocá-las no liquidificador junto com 200 mL de água, o suco de 1 limão, gelo a gosto e mel a gosto. Bata tudo, coe e beba gelado.

Como sempre, lembramos que apesar de todos os benefícios da erva-cidreira, ela deve ser consumida com moderação. Altas quantidades podem levar a uma frequência cardíaca baixa e hipotensão.

Não indicamos a erva-cidreira como tratamento alternativo para as condições citadas durante o artigo. Se você tiver alguma delas, consulte com o seu médico.

Não deixe de conferir outras dicas de saúde aqui no blog da Pax Bahia. Até a próxima!

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar