^ Voltar ao topo
(75) 3623-0940

Crise de soluço: saiba o que fazer

Crise de soluço: saiba o que fazer

O soluço é um espasmo natural do diafragma e é, na maioria dos casos, completamente inofensivo, passando em poucos minutos. Porém, quando os soluços são constantes, podendo ser considerados como um quadro de crise de soluço, além de causarem desconforto, devem ser investigados.

Uma crise de soluço pode indicar algum tipo de irritação dos nervos frênico e vago, nestes casos, pode ser necessário o uso de medicamentos adequados indicados por um clínico geral. As causas são extensas; os soluços constantes podem estar relacionados ao refluxo, ao consumo de bebidas alcoólicas ou gasosas, e a problemas de respiração.

Se você está passando por uma crise de soluços que já dura mais de um dia inteiro, a nossa recomendação é procurar um especialista. Mas, por enquanto, separamos algumas informações básicas para você ficar por dentro do assunto.

Continue lendo e saiba quais são as causas do soluço constante e o que fazer durante uma crise de soluço.

Causas do soluço constante

As causas mais comuns do soluço constante são: consumo excessivo de bebidas com gases (refrigerantes) ou alimentos que aumentam a produção de gases (como repolho, por exemplo).

No entanto, é importante fazer uma investigação da causa, porque em casos mais incomuns, a crise de soluço pode indicar doenças gastrointestinais, como esofagite e refluxo, e alterações no sistema respiratório, causadas por doenças como pneumonia.

Pode ainda ser causado por alterações nos níveis de cálcio, potássio e sódio no organismo; por doenças neurológicas que afetam o controle dos músculos; e por irritação na região do diafragma, causada por algum procedimento cirúrgico na região do tórax.

O que fazer durante uma crise de soluço

Como dito anteriormente, na maioria das vezes o soluço é repentino, natural, inofensivo e passa em poucos minutos. Existem algumas técnicas caseiras para fazer com que os soluços desapareçam mais rápido, são elas:

  1. Prender a respiração o máximo de tempo que conseguir.
  2. Respirar de forma profunda e lenta para esticar os músculos da respiração. Se possível, faça uso de um saco de papel, pois ajuda a regular a respiração e aumentar os níveis de CO2 no sangue, estimulando o sistema nervoso.
  3. Comer uma colher de substâncias que estimulam as papilas gustativas, fazendo relaxar o diafragma. Açúcar, mel, limão, gengibre e vinagre são algumas opções.
  4. Beber água gelada com o tronco inclinado para a frente ou de cabeça baixa, pois estimula os nervos do tórax e relaxa o diafragma.
  5. Fazer compressas frias nas maçãs do rosto, pois ajuda a controlar a respiração.
  6. Liberar adrenalina, pode ser tomando um susto ou se exercitando;
  7. Fazer a manobra Valsalva, ou seja, tapar o nariz e fazer força para soltar o ar.

Se mesmo depois de utilizar estas técnicas o soluço permanecer por mais de 48 horas, ele pode ser considerado um soluço constante e você pode estar tendo uma crise de soluço. Neste caso é importante que você receba atendimento médico para que a causa seja identificada.

O médico pode pedir exames como Raio-X do tórax, tomografia computadorizada, broncoscopia, ou apenas exames de sangue. O tratamento irá depender da causa.

Soluços constantes nos bebês

É comum que bebês recém-nascidos enfrentem algumas crises de soluço. Isso acontece porque os músculos respiratórios ainda estão em desenvolvimento.

Essas crises duram alguns minutos e podem vir logo após a amamentação, mas não costumam durar mais de 24 horas. Se durar mais que esse período, ou atrapalhar a alimentação e o sono do bebê, é importante procurar um pediatra.

Para fazer com que os soluços passem mais rápido, é recomendado colocar o bebê para arrotar, dando leves tapas nas costas do recém-nascido após a amamentação.

Para evitar os soluços constantes, você pode fazer algumas mudanças nos seus hábitos, como diminuir o consumo de refrigerantes e bebidas alcoólicas, e comer mais devagar. Além disso, cuide da sua respiração. Em situações de estresse e ansiedade, procure tentar relaxar, tomando um chá, fazendo uma meditação ou exercícios de respiração.

Gostou das nossas dicas? Aqui no blog da Pax Bahia você encontra diversos artigos sobre saúde e bem-estar recheados de dicas para implementar no seu dia a dia. Não deixe de conferir!

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter para receber as novidades do blog em primeira mão.

Atendimento

Av. Sampaio, Nº 296, Centro
Feira de Santana - BA - 44125-280

(75) 3623-0940 / 3485-1210

paxbahia@paxbahia.com.br

Clique para ampliar